Follow by Email

terça-feira, 30 de agosto de 2011

"E que a minha loucura seja perdoada porque metade de mim é amor e a outra metade também."


E a cada batida do coração dele, eu sinto que nada poderia me parar. Porque eu sei que por ele eu posso prosseguir e chegar ao mais longe dos lugares. Aqueles olhos e aquele sorriso não me deixa tropeçar, e caso eu tropece, eu consigo levantar apenas com um sorriso vindo daquele rosto que é a minha definição de paraíso. E quando a noite chega, ele se transforma em uma estrela, apenas para iluminar o céu. Eu o vejo de tão longe, mas quando eu fecho meus olhos eu consigo tocá-lo. Não tocar apenas sua pele, mas tocar também aquele coração que é a principal razão da minha vida. Mas quando aquela voz alcança os meus ouvidos, como pode haver melodia tão perfeita quanto aquela? E não existe nada que possa definir a alegria da minha alma ao escutar aquela voz que tanto me arranca suspiros. E quando ele respira, eu posso entender que eu encontrei tudo que precisava. Aquela respiração é melodia aos meus ouvidos. Só de lembrar daquele rosto a minha vida ganha um novo sentido. E ninguém tocou e jamais conseguirá tocar o meu coração como ele. E toda aquela sinceridade e loucura o meu coração acolheu. E desde então eu não consigo mais viver sem ele. Eu não existiria longe daquele sorriso. Eu esperaria pra sempre, e vou esperar. Ele é o mais importante, é o meu amor. Eu não vou deixá-lo ir.


Nenhum comentário:

Postar um comentário