Follow by Email

sábado, 19 de abril de 2014

“Tem gente que vira lembrança. Tem gente que vira passado. Tem gente que se vira para estar do seu lado.”


“Morro de medo de perder você. Sabe, se a gente se perder eu nem sei. É que me descobri e ganhei uma parte de mim de volta quando te conheci. Não sei dizer o quanto te amo. O amor não cabe no meio das letras: ele ocupa um espaço inteirinho dentro do coração. E isso faz a minha vida muito mais feliz.” 

- Clarissa Corrêa

quinta-feira, 16 de maio de 2013

NEOQEAV!



                Já faz algum tempo que não venho aqui, mas isso não quer dizer que todos os dias eu não pense em você. Eu jamais poderia afastar você do meu coração e alma. Jamais poderia dizer uma palavra de amor sem antes pensar em você. É clichê, mas é tão raro. As palavras me fogem quando se trata de você. Porque não há nada mais bonito do que falar sobre ti, e todo o sentimento que preenche a minha alma. 
                Antes de você, tudo era menos complicado, menos emocionante e chocante. Tão monótono e parado, claro que faltava algo. Então, me apareceu você. Com todo aquele encanto e doçura. E eu quis te ver, quis te conhecer, quis amar cada centímetro de você. Eu agradeci a Deus todos os dias por tua existência. E me agarrava o um sentimento sem pé nem cabeça, mas que me ajudou a crescer e amadurecer. 
              Eu gosto de pensar que você foi o meu primeiro amor. Aquele primeiro impacto que se tem no coração quando alguém o toca profundamente. Eu nunca entendi e acho que nunca vou entender o porquê disso. Nunca vou entender como minha maior prioridade era você. Como eu gostaria de poder te cuidar e evitar que qualquer pessoa lhe fizesse mal. Faz um tempo, mas eu lembro. Lembro de quando deitava na cama e chorava igual uma boba pensando em você. Fechava meus olhos e pedia pra Deus levar até você todo o meu amor e ternura. Eu sei, eu sei o quanto isso é bobo e estúpido, mas é o que eu sinto. Pode ser que seja imaturo e clichê, mas eu gosto. E mesmo após 5 anos você continua sendo o meu amor. Não mais um amor louco, mas um amor que se eternizou na alma.
              Eu nunca vou esquecer do dia 13/05/2010, você me proporcionou a maior alegria da minha vida. Me fez ver o quanto os detalhes são importantes. Eu sou tão feliz por você, meu bem. Feliz por você existir e por está na minha vida, mesmo que seja de uma forma estranha. Você me libertou, me permitiu ver o mundo de uma forma linda e única. Eu amo você, meu pedaço do céu.


                                              But's no one Like You!!

sexta-feira, 8 de junho de 2012

VICIEEEI *-*


“… E não há necessidade de se perguntar o que se passa na minha mente: é você!”


     Embora eu tenha dito inúmeras vezes o quanto você é precioso e importante pra mim, eu não me canso de afirmar tal verdade. É incrível que, depois de tanto tempo, você continue a tocar a minha alma e coração de forma tão especial. Como se o tempo não passasse, como se o universo permanecesse o mesmo há tempos. E é mais ou menos assim que eu me sinto, quando eu penso em você e em toda essa perfeição que te rodeia, e me deixa completamente apaixonada por ti, mais do que no dia anterior. Eu costumo te chamar de Céu, porque de certa forma você é isso. Você é a única noção que eu tenho do paraíso e felicidade. Você é todas as melhores coisas juntas em um só lugar. É tudo que eu tenho, e, quero ter por tempo interminável. Porque só de te olhar, eu sinto a minha vida ganhando um novo significado. O teu sorriso, a sua voz... São as melhores coisas do universo. Eu não vejo outro significado de felicidade, a não ser você. Com esse jeito e genialidade que mexe tanto comigo. Essa forma única de agir e pensar. É uma forma tão imbecil, idiota e contrária e tudo que eu acredito. Porém, isso me encanta de forma que eu não tenho como desviar. Você é meu céu. Aquele amor intocável, o qual ninguém consegue se aproximar. Você é vida nova, onde eu quero viver pelo resto dos tempos. E entre tantas coisas que tem me ocorrido, a única certeza que tenho, é o meu imenso afeto, carinho e loucura por você. Que cresce de forma exagerada, a cada novo dia. Não precisa ser um amor alimentado, só é necessário você. A sua existência e voz. Os seus olhos que penetram a minha alma, e, rompe todas as incertezas e complicações em mim. 

domingo, 3 de junho de 2012

“E o riso dele? Era algo absolutamente dominador. Ninguém tinha a menor chance diante dele.”


                  De todas as coisas no mundo, é você o meu preferido. Eu não sei definir ao certo o que você tem de tão especial, que me toca de maneira especial. Talvez seja esse sorriso, que arranca toda tristeza e angústia existentes na minha alma. Ou sei lá, pode ser também, esses cabelos. Sim, eu sei que são apenas fios de cabelos, mas você não sabe o quanto significam para mim. Na verdade, você por inteiro, é de grande significado pra mim, e embora essas palavras sejam tão comuns, eu as digo com uma forte emoção que está dentro do meu coração nesse exato momento. Falar, pensar, está com você... Ah, eu não teria como te explicar o quanto eu me sinto feliz, só com essas coisinhas, que para alguns, seria apenas mais uma coisinha na vida, mas que pra mim, é o maior dos gestos e dos momentos. Cada palavrinha tua, cada sorrisinho, seja aquele malicioso ou mais quietinho, todos estão guardados aqui, e eu recorro a eles naqueles dias em que nada parece fazer sentido. Eu juro que sem você, não dá, é foda. Sabe os dias? Não se trata de tristeza, mas sim de tédio, o que é bem pior. Dá aquela vontade de te ter, puxar, abraçar como se o mundo fosse acabar naquele momento. Me bate aquela dor de perder o que nunca se teve. Eu ainda me pergunto como isso funciona, saudade do que nunca se teve, deve ser coisa do amor. Mas de certa forma, eu sinto que te tenho todos os dias. Rolando dentro da minha mente, passeando na rua quando eu dobro em qualquer esquina, deitado, assistindo o programa mais entediante do mundo todo, só que por você, eu assistiria até Glee, o que eu considero horrível. Sei lá, como finalizar? Dizendo que eu te amo? Não, isso está claro demais, e embora eu adore repetir inúmeras vezes, agora será diferente. Eu não te amo, porque o que eu sinto por você, já ultrapassou todos os maiores sentimentos imagináveis e inimagináveis. 

segunda-feira, 28 de maio de 2012

“Tem horas que não dá para entender como é possivel amar tanto.”


            Felizmente ou infelizmente devo admitir que você me tem por completo. E chega a ser ironia, já que eu, um dia me julguei tão capaz de viver sozinha, não ser dependente de algo ou alguém. Mas então me apareceu você, com os olhos que me atravessam a alma, e mostrou um universo tão aconchegante, que foi impossível resistir a tanta coisa boa reunida em um só lugar. Você me fez ter aquela sensação de renascer novamente, como se o mundo estivesse se desfeito num piscar de olhos. Eu juro que por um momento, eu senti ser capaz de realizar qualquer coisa que se passasse pela minha cabeça. Me senti tão forte e completa. Foi como se a vida tivesse ido embora, dando lugar a uma outra vida, e bem melhor por sinal. Por mais que o mundo continuasse o mesmo, dentro de mim haviam coisas que não se moviam como antes. Estava tudo mais claro e amplo. E meu coração parece ter se esticado para dar conta de tantos sentimentos. E foi você o culpado por todas as mudanças e atitudes impulsivas, mas que resultaram em grandes feitos, que mesmo apesar de algum tempo, continuam rendendo bons frutos. Agora não é mais estranho acordar com o pensamento só em você, e, ir dormir do mesmo jeito. Agora eu aceito essa dependência absurda que eu tenho de ti, pois eu sei que não possível viver dentro de um mundo onde não haja a necessidade do outro, ainda mais quando se trata de amor. Você mudou os pensamentos que eu consideraria imutáveis até algum tempo atrás. E me fez ter paciência, ver se pode, P-AC-I-Ê-N-C-I-A, algo que eu não me permitia ter. Não é necessário dizer que eu te amo, não só pelas mudanças e tantas outras coisas. Mas também, por motivos que desconheço,e, não me importo em desconhecê-los, pois hoje, o que importa é você.



sábado, 26 de maio de 2012

“O amor. Dura o tempo de um para sempre. E começa outra vez.”


“Quando a gente gosta, a gente cuida. Cuida mais do que devia. Gostar é se prevenir do desgosto. A gente nunca sabe o que é suficiente, a gente vai se doando, se gastando, sem pedir troco. A gente gasta mais do que tem e corre atrás para imaginar o que não viveu para não fazer falta à memória mais adiante.”
(Fabrício Carpinejar )