Follow by Email

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

"Se eu te ver, nunca mais vou te deixar."


       Então eu olhei pra traz, e comecei a pensar sobre quais coisas eram significantes pra mim. Comecei a separar uma por uma, colocando-as eu seus devidos lugares. Eu relembrei momentos fantásticos, e também aqueles momentos que ganham nos detalhes. E olhando bem, eu percebi que você estava em todas as minhas lembranças, embora eu não te conheça há tanto tempo, mas é como se eu conhecesse. Eu não tenho a mínima idéia do que acontece quando eu olho pra você, e sinto tudo dentro de mim se mover descompasadamente. É um poder que você tem, de despertar essas coisas estranhas em mim. E isso me assusta, as vezes. Eu me pego pensando no quanto eu te amo, e fico surpresa, porque eu o amo mais do que eu pensei amar alguém. E você me faz ficar emotiva e sensível, logo eu que sempre me considerei tão forte. Acontece que você é meu ponto fraco e meu ponto forte, ao mesmo tempo. As vezes você me fere, e as vezes me faz sentir feliz como nunca, eu sei que não é intencional ambas as coisas, mas eu gosto disso. É, estar ferida não é uma boa coisa, mas quando eu lembro que estou sofrendo por sua causa, eu vejo que vale a pena. Que tudo requer um pouco de dor pra que no futuro você possa não cometer os mesmos erros, e claro, se fortalecer com isso. Eu ainda sou uma pessoa frágil, mas eu não gosto de admitir isso. Eu não sei como, mas você tem o que é necessário para restaurar a minha força e colocar tudo nos conformes. Eu te amo há tanto tempo, e ainda assim sempre quando eu digo essa frase é como se fosse a primeira vez. E sempre quando eu vejo o teu sorriso, sinto que é seu melhor sorriso, assim como todos os outros. Você me faz querer me apaixonar por ti, todos os dias. Como se ao passar do tempo você fosse um homem diferente, me dando motivos diferentes para amá-lo. E mesmo que tudo isso seja completamente estranho, eu gosto. Porque isso me aproxima de você, e isso me faz sentir uma felicidade que eu jamais havia sentido antes. Eu te amo meu pequeno céu.


Nenhum comentário:

Postar um comentário